Hortas comunitárias em Condomínios!

 

horta

Hortas comunitárias urbanas só cresce no Brasil e no mundo, e montar uma na área comum do condomínio é uma ótima opção para promover a agricultura orgânica, gerar alimentos saudáveis, contribuir para estética das áreas comuns, auxiliar na educação das crianças e ainda servir como atividade de lazer para os moradores

 

Essa prática está se tornando cada vez mais comum nas cidades devido à facilidade de acesso à informação sobre como criar uma horta comunitária. Não é necessário que as pessoas sejam especializadas; qualquer um pode buscar informações e aderir a essa iniciativa. O espaço também não é mais uma desculpa, já que existem diversas soluções para cultivar plantas em espaços pequenos, como em hortas verticais. A rega das hortaliças pode ser realizada com a captação da água da chuva por meio de um sistema de cisternas, o que também irá trazer economia a longo prazo. O projeto de horta comunitária, além dos benefícios econômicos, pode criar hábitos mais saudáveis na infância das crianças e de todas as famílias. Confira nove dicas para introduzir uma horta coletiva no seu condomínio:

horta (1)

1. Aprovação

Espalhe a ideia entre os moradores e trabalhe para que a ideia seja aprovada.

2. Escolha um lugar apropriado, com alta incidência solar

Caso seu condomínio seja grande, espaço não será um problema; aproveite as áreas verdes que não possuam vegetação. Se o condomínio for grande mas não tiver uma área permeável, ou seja, com terra disponível, construa canteiros com tijolos, manta impermeabilizante e, por fim, terra… Ou compre canteiros prontos como o Noocity. Se o espaço for um problema, há a opção de plantar em vasos como as hortas verticais, os vasos ainda podem ser feitos de “lixo”, como garrafas PETs pelo processo de upcycling, veja mais na matéria “Com estilo e consciência, upcycle transforma o seu lixo”. Existem técnicas que permitem cultivar diversos alimentos em 1 m², portanto é possível criar uma horta urbana em pequenos espaços sim.

 

3. Escolha um local para compostagem

O mais indicado para sua horta é utilizar adubo orgânico e o melhor, sem custos. Os moradores podem reaproveitar os resíduos sólidos orgânicos que iriam para o lixo e realizar a compostagem.

4. Crie regras

É necessário estabelecer um planejamento com as escalas de rega da horta para não faltar nem exagerar na água. Quando for a época da colheita, marque um dia e horário para os moradores que quiserem participar consigam se programar. Mas lembre-se o sentido da horta é ser comunitária; deixe-a livre caso alguém precise de algum dos alimentos.

5. Escolha as espécies que serão plantadas

Leve em conta a profundidade do solo, a época do ano e a região em que você mora. Escolha sementes e mudas certificadas como orgânicas.

6. Plante

Leve as crianças e todos que quiserem participar para plantar as mudas e sementes. Este é um trabalho relaxante e uma oportunidade de entrar em contato com a natureza.

 

7. Realize a manutenção da horta periodicamente

A rega deve ser estabelecida pelos funcionários do condomínio ou pelo responsável da horta e ser realizada todos os dias de manhã para evitar o desperdício de água por evaporação. Retirar plantas daninhas e prevenir contra pragas é importante para preservar o crescimento da horta. Não é necessário o uso de químicos para eliminar pragas; existem técnicas mais sustentáveis, como explicado na matéria “Cinco técnicas de controle de pragas para hortas orgânicas”.

8. Hora da colheita!

Quando uma leva das hortaliças estiver pronta para ser colhida, faça isso com outros moradores. Uma ideia é montar kits para distribuir entre os apartamentos ou deixá-los em um local para serem retirados por quem desejar. Aqui, cabe o bom senso, pegue somente o necessário e lembre-se que mais gente também pode precisar do mesmo que você.

9. Outras dicas…

Marque um dia específico toda a semana para levar as crianças para mexer na horta – um contato frequente com a natureza é saudável e eficaz no aprendizado. É possível , após cada colheita, por exemplo, realizar refeições comunitárias entre os moradores usando os próprios alimentos da horta. Haverá integração social a convivência entre os vizinhos se tornará mais harmoniosa.

 

Fonte: https://www.ecycle.com.br

 

 

Thiago Oliveira

 

 

© 2016 FL Condomínios - Todos os direitos reservados.Web by Citrus7